Postagens populares

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014



A VISITAÇÃO DESTE É PARA QUEM GOSTA DE ESCREVER , E PRETENDE UM DIA PUBLICAR LIVROS.


WWW.BLOGESCREVO.BLOGSPOT.COM
ESCRITORAPOETISA@IG.COM.BR

ABRAÇOS,


NEVES MARIA.

PARA SEMPRE AMAR

                                             PARA SEMPRE AMAR...



  O CLIMA NO COMÉRCIO É DE FESTA, PORÉM, ISSO NÃO É FELICIDADE QUE PROCURAMOS. NÃO PODEMOS ESCONDER QUE  HÁ EM  MUITOS,  UM  CÂNTICO DE FELICIDADE  ETERNA  DENTRO  DOS SEUS CORAÇÕES, INDEPENDENTE DAS DATAS FESTIVAS . ELAS POSSUEM   DOM  DE UM SENTIMENTO FORTE, E INEXPLICÁVEL  QUE É O AMOR. SÓ MESMO QUEM O SENTE SABE  DIZER O  PORQUÊ  DE AMAR UNS AOS OUTROS SEM GUARDAR RANCOR, AJUDANDO ATÉ OS QUE LHES OFENDEM. ESTÁ DECLARADO, QUE É O AMOR QUE VEM  DE  DEUS,  E DO SEU FILHO  JESUS CRISTO.


                   ENTREGO-LHES ESTE AMOR. BOAS FESTAS!


                   DE:   NEVES MARIA MARQUES

domingo, 30 de novembro de 2014

SOU NATURAL NO QUE ESCREVO



              Gosto de escrever o que eu sinto na alma, e no coração. Nessa hora, nasce dentro mim, uma nova criatura que ama, sofre e ressuscita os personagens quando necessito. O drama é formado com muita responsabilidade, em respeito aos meus leitores que tanto valoriza os meus livros.       Tenho uma amiga, que por alguma razão não pode ir a minha noite de autógrafos. Mas no dia seguinte, chegou a casa com um vaso de flores, para me homenagear e comprar meu livro.  Quem disse que ela quis que o oferecesse de presente? Ainda trouxe-me de cor e salteado o meu segundo livro muito emocionada com lágrimas nos olhos. Isso para mim é demais gratificante escrever horas e horas. Criar personagens que  tenham vida como todos nós. Desejo levar meus leitores em países aonde nunca eles  foram, e sentimentos que nunca tiveram coragem de falar para alguém. Escrevo o que público leitor gosta. São personagens com vida que emocionam com suspenses. Escrevo para as pessoas que acreditam  que a vida ainda existe a  felicidade,  e tem que ser vivida. 

ÚLTIMO BEIJO



                         



Nas montanhas morava uma índia
Fugia quando via o caçador
Viveu uma história muito linda
Mas o malvado matou seu amor.

Suas lágrimas caiam sobre o corpo
Coberto no chão com jasmim
Deu ultimo beijo no seu amado
O amor é eterno não tem fim.

A cena foi celebrada pelos animais
Os pássaros também ficaram saltitantes
Um amor assim eles não viram jamais.
Em homenagem cantaram bastante.
UM BANNER DE NEVES MARIA MARQUES, E SEU AMIGO PROFESSOR  DE VIOLÃO ARNALDO CÉSAR.

domingo, 23 de novembro de 2014

COMENTÁRIO




             Oi Neves, tudo bem?

Gostei de mais, pois adoro livros com muitos parágrafos, na minha opinião o tornam mais dinâmico e não cansativo.
Gostei dos links que abordaram os temas romance e sustentabilidade do meio ambiente.
Achei uma leitura objetiva e com surpresas agradabilíssimas. Como a trama do Roy em relação aos pais. Foi surpreendente! 
De um modo geral adorei. 
Parabéns, Parabéns! 
Aguardo o quarto livro.

Abraços Ivone. 

domingo, 28 de setembro de 2014

A SERRA

Cubatão é localizada no sopé da serra
É uma cidade exuberante industrial
Os Jesuítas admiravam essa terra
 Sempre existiu uma beleza natural.

                   É um marco forte do Brasil

Tem parques com pássaros no viveiro

As cachoeiras com água cor de anil,

O complexo industrial parece um celeiro.

É a bela menina dos olhos negros
Sensível deita no berço de prata,
Convive no perigo este é o segredo
Tem ricas indústrias nada lhe falta.

De manhã, os cubatenses abrem as trilhas.
Para as indústrias que são veias do coração
A cidade canta o hino, com seus filhos:
Honrados saúdam a despoluição!