Postagens populares

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

ELE FAZ MARAVILHAS!



                                 




Lágrimas tem sido teu alimento
O Senhor pleiteia tua causa,
Faz justiça e te dá livramento
Ele é a espada que te salva.

Na tua angústia procure o senhor...
Lembras-te que Ele ainda faz maravilhas
Dá-te o sustento e nunca deserdou
Feliz tu serás, que Nele confias.

A bênção Dele seja contigo.
Respeite e ande nos seus decretos
Do céu tua oração Ele tem ouvido
Despreze tudo que não é certo.

                                               

sábado, 14 de fevereiro de 2015

POR QUE NÃO CUIDEI ANTES?

                                            



                    
 Senhor Deus, hoje venho pedir perdão dos meus atos, pois sinto que a covardia desde quando nasci, invade a minha alma. Pensei que havia feito muitas coisas para te agradar, mas a verdade sou apenas um trapo frágil, egoísta, pensando somente no que diz respeito ao meu próprio interesse.
O Planeta como todas as coisas foram feitas pelas vossas mãos para glorificá-lo, e honrar o Seu Filho Amado Jesus. Também para nos dar prazer oferecendo coisas boas. Claro, que nesse trecho não daria para relacionar tantas maravilhas. Por isso, tive um pesadelo quando percebi que eu havia destruído tantas águas, pois, nem sequer o respeitei. Jogava lixo em terrenos baldios, poluía os rios, deixava as torneiras abertas desnecessariamente, enquanto eu escovava os dentes ficava cantando debaixo do chuveiro, não reaproveitei as águas da máquina de lavar roupas, e das  louças, para as limpezas das calçadas; e descarga dos banheiros. Isso começou a me incomodar porque eu sou literalmente responsável pelo Planeta Terra.
Nesse instante finalizo com palavras de juramentos, que serão lavradas, comprometidas, no livro da consciência, que eu farei a minha parte de preservar o meu Planeta, sem achar que isso é difícil no dia-a-dia. Amém...
Leia meu sonho, que deverá ser o seu também.           
                                    
                                            AMAZÔNIA
   Andei toda cidade, triste ela dormia.
Olhei as estrelas e fiquei enamoradaO vento assoprava e o véu sumia...Ao encontro da lua cor de prata.Vi a floresta amazônica chorandoUm terço dela estava descampado,Rios sujos e peixes mortos boiandoHavia um silêncio, e ninguém culpado.Lânguida, cambaleando no ermo...Em lugar que não tinha mais verdeQuando acordei só havia pó, cinza,“E ninguém ao meu lado”  

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

ECONOMIZE TEMPO SEM SAIR DE CASA COMPRANDO NA LOJA: 



WWW.MAGAZINEVOCE.COM.BR/MAGAZINELOURINHA



O MELHOR SITE DA ECONOMIA!!

CONFIRMADO:


NEVES MARIA MARQUES.






domingo, 18 de janeiro de 2015

FRAGMENTOS DO LIVRO: O PREÇO DE UMA VIDA - NEVES MARIA MARQUES

       



                    Provavelmente, o amor de Berlinda não era suficiente para tratar bem                        Rebeca. Porém, com hipocrisia vai até seu quarto lhe afrontar:
  Parece-me que você se adaptou bem, nesse quarto horripilante.
Rebeca seguramente lhe responde:
— É no deserto que se fortalece e há reflexão no amor e na paz.
  São palavras que eu não sei lhe responder. Contudo, percebo que existe algo diferente em você.
Rebeca calmamente responde:
— Deus disse que protege aqueles que sofrem injustiça. Só clamá-lo e Ele responderá.
— Que bobagem, agora não fala nada que se aproveite. Só nessa tal de Bíblia, escrita pelos homens de um passado remoto. Decerto que todas as coisas que estes autores escreveram vêm acontecendo. Mas, continuo achando uma chatice!
— Sinhá Berlinda este livro sagrado se chama Bíblia. Fora escrita por homens a quem Deus Todo Poderoso concedeu um espírito de sabedoria. Foi por meio dela que eu conheci o Senhor Deus dos Exércitos. Aprendi amar e perdoar os que me perseguem como à senhora e seu esposo Camilo Borges.
— Aprendeu também ser ousada. No meu intimo, eu gostaria de crer nesse seu Deus que faz milagre. Mas é melhor não ficar tão boba assim como você.
— É fácil senhora Berlinda. Deixe Deus trabalhar em sua vida. A Bíblia diz que Deus é o Oleiro que nos modela como o barro.
Berlinda entende que Rebeca está lhe humilhando e diz:
— Porventura, eu sou de barro? Se Deus é tão grande, não precisa disso para fazer um ser humano.
— Por enquanto não somos, mas tornaremos em pó novamente. Porém, quem fizer a vontade de Deus e seu filho Jesus, o espírito vivificará e terá vida eterna.
— Rebeca, eu acho que você está se envolvendo demais nesse tal de livro sagrado.  Mostre-me um milagre que seu Deus fez. Daí eu crerei Nele.
   Não só a senhora verá, mas todos os olhos verão e ficarão espantados com os milagres desse Deus. Já olhou o céu com sua grandeza? E o mar com seus mistérios? Os seres vivos cada um se relacionam com sua própria espécie.

Berlinda deixa de profanar. Entra na charrete com Estevão e segue para a cidade.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014



A VISITAÇÃO DESTE É PARA QUEM GOSTA DE ESCREVER , E PRETENDE UM DIA PUBLICAR LIVROS.


WWW.BLOGESCREVO.BLOGSPOT.COM
ESCRITORAPOETISA@IG.COM.BR

ABRAÇOS,


NEVES MARIA.

PARA SEMPRE AMAR

                                             PARA SEMPRE AMAR...



  O CLIMA NO COMÉRCIO É DE FESTA, PORÉM, ISSO NÃO É FELICIDADE QUE PROCURAMOS. NÃO PODEMOS ESCONDER QUE  HÁ EM  MUITOS,  UM  CÂNTICO DE FELICIDADE  ETERNA  DENTRO  DOS SEUS CORAÇÕES, INDEPENDENTE DAS DATAS FESTIVAS . ELAS POSSUEM   DOM  DE UM SENTIMENTO FORTE, E INEXPLICÁVEL  QUE É O AMOR. SÓ MESMO QUEM O SENTE SABE  DIZER O  PORQUÊ  DE AMAR UNS AOS OUTROS SEM GUARDAR RANCOR, AJUDANDO ATÉ OS QUE LHES OFENDEM. ESTÁ DECLARADO, QUE É O AMOR QUE VEM  DE  DEUS,  E DO SEU FILHO  JESUS CRISTO.


                   ENTREGO-LHES ESTE AMOR. BOAS FESTAS!


                   DE:   NEVES MARIA MARQUES

domingo, 30 de novembro de 2014

SOU NATURAL NO QUE ESCREVO



              Gosto de escrever o que eu sinto na alma, e no coração. Nessa hora, nasce dentro mim, uma nova criatura que ama, sofre e ressuscita os personagens quando necessito. O drama é formado com muita responsabilidade, em respeito aos meus leitores que tanto valoriza os meus livros.       Tenho uma amiga, que por alguma razão não pode ir a minha noite de autógrafos. Mas no dia seguinte, chegou a casa com um vaso de flores, para me homenagear e comprar meu livro.  Quem disse que ela quis que o oferecesse de presente? Ainda trouxe-me de cor e salteado o meu segundo livro muito emocionada com lágrimas nos olhos. Isso para mim é demais gratificante escrever horas e horas. Criar personagens que  tenham vida como todos nós. Desejo levar meus leitores em países aonde nunca eles  foram, e sentimentos que nunca tiveram coragem de falar para alguém. Escrevo o que público leitor gosta. São personagens com vida que emocionam com suspenses. Escrevo para as pessoas que acreditam  que a vida ainda existe a  felicidade,  e tem que ser vivida.